página principal


A psicologia em seu aspecto clínico procura reduzir o sofrimento da criatura humana, tendo que levar em conta a complexidade e subjetividade deste humano.

Oferecer recursos para mudanças e transformações seja para o indivíduo, para a família, para o casal, empresas, equipes, etc...

Devemos nos capacitar para vencer a nós mesmos, desvendar nosso mundo interior, entender o que Jung nos diz quando afirma que: "O sofrimento precisa ser superado, e o único meio de superá-lo é suportando-o". 

Para isto, torna-se necessário aceitar o desafio de retirar qualquer máscara que nos distancia de nossa verdadeira natureza.

"Qualquer árvore que quiera tocar os céus precisa ter raízes tão profundas a ponto de tocar os infernos". Jung.

Está árvore somos nós mesmos e não podemos fazer isto sozinho.

Uma atenção as necessidades subjetivas do ser humano não pode ser atendida através de intervenções com base em uma medicina puramente orgânicista e/ou cerebrocentrista.

Reflitamos na proposta da Organização MUndial de Saúde.

 Saúde: "Um estado dinâmico e completo de bem estar físico, mental, espiritual e social e não meramente ausência de doença." (WHO/98.)

Pensar o homem sob estes aspectose atender sob a compreensão de uma religiosidade/espiritualidade laica é assumir o compromisso ético de bem cuidar do ser humano.




Direitos dos usuários do sistema de saúde suplementar (convênios) referentes a cobertura em atendimento psicológico, reembolso e número de sessões.

Fique por dentro: Resolução Normativa Nº 211 Agencia Nacional de Saúde

Anúncie Grátis no Portal Mídia Musca